.

.

.

.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Cativeiro é estourado pela Polícia Civil em Carangola 3 fogem e 1 é preso depois de ser baleado.

Na tarde desta quarta-feira (11), durante levantamentos feitos pela equipe de inteligência da 4ª DRPC, na cidade de Carangola, investigadores conseguiram encontrar o local, onde teria sido o cativeiro do adolescente Vinícius, levado na tarde de quarta-feira (4), em uma cachoeira de Miradouro e liberado na sexta (6), nas proximidades de Orizânia.
Assim que cercaram a casa, quatro homens saíram já atirando e correndo em direção a uma mata, sendo um deles atingido na perna, e ficando caído até que os tiros cessaram e seu comparsas conseguiram escapar. Mesmo armado, o rapaz foi dominado e socorrido para o Hospital de  ferido Carangola, onde recebeu atendimento e depois foi encaminhado a delegacia, onde prestou depoimento e foi preso.
Diversos policiais de Carangola, Muriaé e Miradouro foram para o local.
Durante as buscas, os policiais encontraram balança de precisão, facas, munições, cofres, botinas que os suspeitos teriam usado durante o sequestro e foram reconhecidos por testemunhas, uma TV de led 49 polegadas, além de capacetes, uma moto e um Pólo, que seria o carro usado para transportar a vítima do cativeiro até o local onde foi liberado. No veículo, que foi também apreendido, os policiais acharam uma pedra pequena de crack.

Após todas as buscas, a vítima do sequestro foi levada ao “sítio” e reconheceu como sendo exatamente o local onde ficou preso, e ainda apontou dois pontos, no meio da mata, que ficou amarrado e amordaçado, durante os dois dias de cárcere privado. Todo o material foi apreendido e encaminhado para delegacia de Carangola, e a polícia continua os levantamentos e buscas para prender os outros três envolvidos, não só neste crime, mais  também em outros que já foram apurados e confirmada a participação da quadrilha.


Fonte com informações PC/PM/Interligado on Line e fotos via zap(32)984077764





Nenhum comentário:

Postar um comentário